Fatos que enfeiam Brasília

DF: Câmara Legislativa nomeia acusado no mensalão do PT.
Personagem do mensalão do PT, o ex-vice-presidente local do partido Raimundo Júnior ganhou na Câmara Legislativa do DF, presidida pelo cunhado, o também deputado petista Cabo Patrício, a “boquinha” de secretário-geral – um dos cargos mais importantes na estrutura do Legislativo. Raimundo, que trabalhava na direção nacional do PT, sacou ao menos R$ 100 mil de contas do mensalão no Banco Rural.
Raimundo Júnior contou à Polícia Federal haver entregue a Delúbio Soares, tesoureiro do PT, o dinheiro que sacou do Banco Rural.
À época do mensalão do PT, Raimundo Júnior também tinha uma boquinha no gabinete do deputado Paulo Delgado (PT-MG).



Publicado: http://www.claudiohumberto.com.br/principal

Meu comentário

Aos amigos tudo,aos inimigos o Porrete da lei.É assim que tem funcionado o PT que tanto apregoava a ética e moral na política.Seus mensaleiros estão impunes e com cargos na máquina pública.Dá para acreditar?Sim,temos que acreditar,mas aceitar um absurdo desses NÃO!! 







0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Sobre este blog