Qu@ndo te vejo.

Qu@ndo te vejo, te leio,te sinto
Repentino me sinto de desejo instruído
pelo que te vejo, te leio, te sinto
É a viril carne que não pensa,
parece pedra estéril,
Mas está quente, ativa
pela vida que pulsa
Qu@ndo te vejo, te leio, te sinto
Havendo vida, haverá desejo.
Sempre
Qu@ndo te vejo, te leio, te sinto.






Dia internacional da Pessoa com Deficiência.



Em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado no dia 1 de dezembro, a Câmara dos Deputados vai promover um dia inteiro de atividades especiais nesta quarta-feira (1). A principal será o lançamento de produtos que vinham sendo desenvolvidos na Câmara como forma de aumentar a acessibilidade no Legislativo. São cds com a legislação eleitoral em áudio, dois audiolivros de legislação; aquisição de ônibus adaptado a pessoas com deficiência para fazer o trajeto da Câmara dos Deputados à Rodoviária; aquisição de triciclos motorizados e curso de capacitação em MecDaisy para a criação de livros digitais acessíveis. Além disso o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB), e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, assinarão um Acordo de Cooperação para a implementação de ações de promoção da acessibilidade.
A programação inclui ainda a apresentação musical de Ariosto Lopes, e duas exposições que retratam o mundo das pessoas com deficiência. Uma delas, “Cores da Vida”, acontece no Hall da Taquigrafia e é composta pelas pinturas de um jovem de 15 anos, Jeferson Ramos da Cruz, que pinta com a boca. A outra, “Percepções do Visível”, no Corredor de Acesso ao Plenário, é um projeto do Senac-SP de fotografias feitas por pessoas com deficiência visual. As exposições estarão abertas ao público de 1 a 9 de dezembro.

Fontes: http://www.blogdapaola.com.br/?p=22285 e Câmara dos Deputados 

Propostas para a educação.

          Por enquanto muito se fala em Segurança Pública, em pré-sal , em bolsa  disso e daquilo, mas em Educação pouco ou nada se discute. O Brasil tem indices piorados ao longo dos anos. O estado Brasileiro tem até conseguido colocar a mulecada na escola, no entanto quando se refere à qualidade há um retrocesso. Basta ver os índices que avaliam a educação Brasil a fora e veremos quão péssimo esta a escolarização de nossos estudantes. E isto se dá em todas as etapas, do fundamental à faculdade. 
         Nosso país, agora que encontrou o caminho da estabilidade econômica e política, precisa recriar sua "escola", o país precisa de cientistas, pesquisadores, técnicos de ponta, engenheiros, enfim, individuos com alta capacidade técnica-cientifica para que possamos produzir tecnologia e ciência própria. Um país de primeiro mundo precisa dominar certas tecnologias e conhecimentos para que possa ser competitivo no exterior, e o nosso país ainda está longe disso.
           Vejamos este pequeno trecho de um artigo de Eliseu dos Santos Lima:

A "QUALIDADE" DA EDUCAÇÃO DO BRASIL

Como está a qualidade da educação no Brasil? Este questionamento sobre a presente discussão já vem sendo realizado há bastante tempo por vários teóricos, através da análise de dados coletados por alguns órgãos do nosso país.
Com base nos dados do Saeb² divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep (2007) durante um período de dez anos (1995 a 2005) foi analisado o desempenho de alunos tanto do setor público como do particular. Esses dados revelam que ao longo da história, a educação no Brasil vem passando por sérios problemas, dentre eles, percebe-se uma regressão em seu sistema, pois, diante do que se pode observar, baseado nos dados coletados pela PNAD³, a cada ano os índices educacionais pioram, a taxa de repetência aumenta, e como conseqüência, nota-se um grande salto nos números da evasão escolar. No que diz respeito à "qualidade", é muito fácil de responder, e, diante dos dados supracitados, leva-nos a conclusão que é de péssimo estado, e vem piorando ano após ano. Com a implantação de 200 dias letivos houve um maior agravamento no nível de desempenho por parte dos educandos, pois o que faz o aluno aprender não é a quantidade de dias ou horas que ele passa na escola, mas sim, a qualidade do conteúdo que está sendo aplicado durante esse período.


Fonte: http://www.webartigos.com/articles/34891/1/A-QUALIDADE-DA-EDUCACAO-DO-BRASIL-ESCOLA-PUBLICA-X-ESCOLA-PARTICULAR/pagina1.html#ixzz16sOIGwhz
Comento

Qualidade so ensino, eis a palavra chave. O que há de pior no ensino público não é a falta de vagas para os educandos, é a qualidade, o ensino medíocre, que em muitos casos se apega a questões ideológicas e se esquece de levar o aluno a pensar corretamente, de ser um investigador, um pesquisador. 
Aguardemos o que virá após o dia 1º de Janeiro. Espero que nesse quatro anos de mandato da Srª Dilma, ela não politize a educação e nem a deixe no limbo.

Projeto Africanidade.

Alunos de Centro de Ensino Médio 04 de taguatinga norte -df participaram no dia 17 de novembro de um projeto escolar chamado AFRICANIDADE. A ideia era que os alunos pesquisassem e apresentassem algo relacionado a África : costumes, língua(s), cultura(s), entre outros. O projeto também coincidiu com a semana da consciência negra que procura acender o debate em torno do racismo e pré-conceitos enraizados. Cabe ressaltar que nosso país é uma mescla de portugueses, africanos,indíos, italianos, espanhóis, alemães, japoneses e mais recentemente chineses. O objetivo principal deste projeto é mostrar que o pré conceito e o racismo não podem subsistir diante do fato de que somos um país miscegenado, não somos uma raça uníca com características únicas que nos distinguem de outros povos.  
Professor Antônio e suas alunas do 3º Ano do ensino médio.
         Nas imagens acima os estudantes focaram os costumes.

Comento 
Trabalho interessante e com boa participação dos alunos, minha crítica está apenas no fato de que faltou um relatório aprimorado por parte dos estudantes, onde fariam suas colocações a respeito do projeto apresentado, fazendo um paralelo com o que há no país e as influências trazidas pelos africanos ao país.

Seguidores

Sobre este blog