Aspirar, querer, desejar

Aspiro à volúpia das volúpias
O desejo mais grande que o meu usual desejo
Desejo, desejado, desajeitado, tímido, acanhado.
Quero-o quente, a vontade como como combustível, até me consumir
e me desfalecer de tanto desejar.
Que outro motivo nos move tanto senão
a vontade, o desejo, o prazer?
Qual o meu prazer? Qual o seu prazer?
O meu prazer é a vontade de construir,
de inovar, de realizar, de me fazer ouvir




Roner Gama













0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Sobre este blog