Casamento- HOMENS SENSÍVEIS


Estive no primeiro sábado deste mês, 3 de dezembro, num casamento coletivo, entre eles minha prima Angelita. Foi em um bairro chamado P-Norte ( um dia explico porque no DF os bairros tem nome de Letras e pontos cardeias), na cidade de Ceilândia -DF. Cheguei e o conúbio coletivo já havia iniciado.
A igreja Católica, na divisa entre duas quadras, um templo grande com teto forrado de material sintético, o corredor de acesso ao altar estava todo enfeitado com tapete vermelho, flores e folhas artificiais e todo aquele pano que desconheço o nome.Estava tudo muito bonito. 
Mas o que mais me chamou a atenção foi a emoção do noivos. Estavam mais emocionados do que as noivas. Pensei : nós homens mudamos. Hoje não temos medo e externar nossas fraquezas, nossas emoções.   
O noivo de minha prima é um rapaz simpático e diria até bonito, olha aí outro sinal de que nós homens mudamos , homem achando outro bonito, a noiva estava bela.

Bom, parabéns aos recém casados, alguns, e aos que renovaram os laços matrimoniais, entre estes minha querida prima Angelita.

Por Roner Gama

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Sobre este blog